07h00 - quinta, 30/07/2020

Obras avançam
no Campo das Eiras

Obras avançam no Campo das Eiras

A Câmara de Almodôvar vai avançar, ainda este ano, com as obras de requalificação do Campo das Eiras, num investimento estimado em cerca de 1,5 milhões de euros. O concurso público da empreitada está quase a terminar e as obras poderão avançar no último trimestre do ano, tornando a zona numa área multiusos, por forma a poder acolher mercados e feiras temáticas.
"Vamos fazer uma praça e algumas infra-estruturas para melhoria da zona, requalificação de águas, esgotos, electricidade, etc., para dar vida, modernizar e embelezar a nossa vila", explica o presidente da autarquia, António Bota, acrescentando que "a intenção é mudar as feiras e mercados de fora para dentro da vila e apostar cada vez mais nas feiras temáticas, para trazerem mais comércio e movimento a Almodôvar".
O autarca revela ainda que gostava que a inauguração do novo espaço coincidisse com a abertura da edição de 2021 da FACAL. "Sei que é muito ambicioso, mas cá estamos para tentar contornar a situação", diz.
A par desta empreitada, a Câmara de Almodôvar conta iniciar em breve a "beneficiação e requalificação do acesso ao Complexo Desportivo Municipal pela EN2", avaliada em 365 mil euros. A intervenção prevê a construção de uma pista partilhada com peões bi-direccional, estabelecendo a ligação entre a vila de Almodôvar e o Complexo Desportivo numa extensão de 730 metros ao longo da EN 2.
Outra obra que a autarquia vai lançar no terreno em breve é a requalificação em Corte Zorrinho, avaliadas em 260 mil euros. "As infra-estruturas já começam a estar degradas no troço principal [da aldeia] e também há a passagem de uma estrada municipal dentro da Corte Zorrinho que precisa de ser toda remodelada, com passeios, estacionamentos e melhores condições de segurança para quem lá está e para quem lá passa", explica António Bota.
Para o início de 2021 está previsto o arranque de uma nova ETAR em Gomes Aires, avaliada em cerca de 200 mil euros e cujo terreno foi adquirido recentemente pela autarquia por 25 mil euros. "É um projecto que vai complementar a Área de Acolhimento Empresarial [de Gomes Aires], que se inicia muito em breve, e que vai permitir resolver um problema ambiental, mas também dar resposta à nova realidade dos próximos anos", conclui António Bota.


Notícias Relacionadas

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - sexta, 07/08/2020
CM Aljustrel apresenta contributos
para Plano de Recuperação Económica
A Câmara de Aljustrel já entregou os seus contributos para o Plano de Acção no âmbito da estratégia para o Plano de Recuperação Económica de Portugal (PREP) 2020-2030, delineado por António Costa da Silva a pedido do Governo.
07h00 - quinta, 06/08/2020
SOMINCOR:
40 anos que mudaram o
concelho de Castro Verde
A 24 de Julho de 1980 o concelho de Castro Verde (e arredores) mudou para sempre.
15h00 - sábado, 01/08/2020
EPOS aposta na formação
dos seus trabalhadores
A Empresa Portuguesa de Obras Subterrâneas (EPOS), em parceria com o Centro Qualifica de Almodôvar, desenvolveu nos últimos meses mais um projecto de desenvolvimento de competências dos seus trabalhadores.
07h00 - terça, 28/07/2020
Câmara de Almodôvar apoia empresas locais
O presidente da Câmara de Almodôvar faz um balanço "extremamente positivo" do Programa de Apoio do Tecido Empresarial do Concelho de Almodôvar (PATECA), lançado no início de Maio para fazer face aos prejuízos causados pela pandemia da Covid-19 na economia local.
07h00 - sexta, 24/07/2020
Somincor: 40 anos
que mudaram
Castro Verde
A 24 de Julho de 1980 o concelho de Castro Verde (e arredores) mudou para sempre.

Data: 07/08/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial