07h00 - sexta, 21/06/2019

Agricultores pedem
medidas de combate à seca

Agricultores pedem medidas de combate à seca

A situação de seca extrema que o Baixo Alentejo enfrente actualmente leva a Federação das Associações de Agricultores do Baixo Alentejo (FAABA) a pedir ao Governo medidas de apoio para mitigar os prejuízos causados.
Em comunicado, a FAABA sustenta que "a falta de pluviosidade registada nos meses mais recentes não permitiu a acumulação de reservas de água nas barragens, quer para o abeberamento do gado, quer para o regadio e teve impacto negativo no desenvolvimento das pastagens e na quantidade e qualidade das reservas de fenos e palhas para o próximo Outono/Inverno".
"Esta situação de anormalidade climática tem conduzido a um aumento significativo nos custos de produção das explorações pecuárias, tornando-se insustentável", sublinha a Federação.
Nesse sentido, a FAABA reclama "a concessão de ajudas extraordinárias aos produtores pecuários para além das que já estão a ser divulgadas pelo Ministério da Agricultura no âmbito dos 'pequenos investimentos na exploração agrícola', nomeadamente a atribuição de um montante financeiro a fundo perdido em função da espécie pecuária calculado com base nas necessidades alimentares de cada uma".
A par deste apoio, a FAABA solicita ainda "um apoio à instalação/ recuperação de pastagens e de culturas forrageiras plurianuais" e a "elegibilidade de todas as explorações agrícolas, independentemente de já terem beneficiado de apoios semelhantes em candidaturas anteriores".
Já na área do regadio, e dado que o prolongado período de seca extrema "fez disparar as despesas relacionadas com o consumo de água e de energia", reduzindo "drasticamente as margens brutas das várias culturas", a FAABA também reclama "a adopção de medidas de carácter excepcional, designadamente, a isenção da taxa de recursos hídricos por parte do sector agrícola, e a viabilização do preço da água de Alqueva para os perímetros confinantes", propondo para a actual campanha "a fixação deste preço em 0,018 euros/m3".
E como medida "de carácter geral", os agricultores baixo-alentejanos "pedem que seja concedida a dispensa e deferimento do pagamento de contribuições à Segurança Social".


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - quinta, 04/06/2020
Câmara de Almodôvar
apoia empresários locais
Lançado há poucas semanas pela Câmara Municipal local, o novo Programa de Apoio ao Tecido Empresarial do Concelho de Almodôvar (PATECA) já aprovou apoios na ordem dos 55 mil euros.
07h00 - segunda, 01/06/2020
Aljustrel e Beja
promovem campanhas
no comércio local
As câmaras de Aljustrel e de Beja promovem, a partir desta segunda-feira, 1 de Junho, campanhas que visam incentivar os seus municípes a consumir no comércio local e tradicional, por forma a minimizar o impacto da pandemia de Covid-19 na economia do concelho.
07h00 - quinta, 28/05/2020
Hangar da MESA em
Beja quase concluído
O hangar da empresa aeronáutica MESA, ligada ao grupo HiFly, no aeroporto de Beja está praticamente pronto para entrar em utilização, depois da empresa ter realizado nesta terça-feira, 26, o teste final ao pavimento do novo espaço, com recurso ao novíssimo Airbus 330-900 NEO, de 371 lugares.
07h00 - terça, 26/05/2020
InCastro apoia
empresas de Castro
A Câmara de Castro Verde tem vindo a desenvolver um plano de apoio à concretização dos incentivos disponibilizados pelo Governo português às empresas no âmbito da Covid-19, através dos serviços do InCastro.
07h00 - terça, 19/05/2020
CIMAL apoia empresas
do Litoral Alentejano
A Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral (CIMAL) criou um "ambicioso programa de colaboração e apoio" às empresas da região, em parceria com a consultora Deloitte, cujo arranque está marcado para esta terça-feira, 19, com a disponibilização de uma linha de atendimento gratuita para o registo de solicitações das PME's.

Data: 29/05/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial