Junta de Freguesia de Salvada contesta agregação a Quintos

Junta de Freguesia de Salvada contesta agregação a Quintos

O executivo da Junta de Freguesia de Salvada não concorda com a agregação das freguesias de Salvada e Quintos, proposta pela Unidade Técnica para a Reorganização Administrativa do Território à Assembleia da República no âmbito da reorganização administrativa das freguesias de Portugal continental.
Em comunicado enviado ao “CA”, a Junta de Freguesia liderada por Sérgio Engana (CDU) argumenta a sua posição com o facto da agregação proposta não permitir “uma efectiva redução de custos e eficácia dos serviços prestados”, além de poder vir a ter “consequências negativas nas relações de vizinhança” e “proximidade” entre as populações de ambas as freguesias.
Nesse sentido, a Junta de Freguesia de Salvada promete “prosseguir na luta” contra a reorganização administrativa das freguesias.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima