CIMAL quer fundos da UE para água e saneamento

CIMAL quer fundos da UE

Os presidentes das cinco câmaras que foram a Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral (CIMAL) reúnem nesta segunda-feira, 17 de Setembro, em Lisboa, com o secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins.
Os autarcas de Odemira, Sines, Santiago do Cacém, Grândola e Alcácer do Sal vão aproveitar a ocasião para contestar junto do Governo o facto "de não terem acesso ao financiamento comunitário para renovarem redes de água, nomeadamente condutas, estações elevatórias, bombagem, condutas de esgotos e estações de tratamento de águas residuais para aglomerados urbanos com população inferior a 500 habitantes".
Nesse sentido, os presidentes das autarquias do Alentejo Litoral vão apelar para que haja financiamento comunitário para este tipo de intervenções.
Os autarcas sustentam mesmo que a Comissão Europeia não coloca impedimentos a este financiamento, "tratando-se de uma ausência de decisão a nível nacional". E lembram que há quatro meses foi aberto um aviso de concurso na Região Autónoma da Madeira que desbloqueou financiamento para o ciclo urbano da água em baixa, "o que no continente, e no Alentejo em particular, o Governo não autoriza".

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima