Câmara de Beja quer revitalizar alta da cidade

Câmara de Beja quer

A Câmara de Beja está a desenvolver um plano de regeneração urbana para recuperar, revitalizar e "dar novo impulso" à alta da cidade com a participação da população.
O objectivo é "recuperar, revitalizar e dinamizar" a alta de Beja, que abrange a rua das Lojas e a Praça da República, "com investimentos reduzidos, estimulando o tecido empresarial e, fundamentalmente, o empreendedorismo", explica o vice-presidente da autarquia, Vítor Picado.
Através do plano, que está inserido no programa "Regeneração Urbana – Um Novo Impulso", da Confederação Empresarial de Portugal, será programada "uma intervenção integrada, com preocupações urbanísticas e arquitectónicas" para revitalizar a alta de Beja, indica.
Segundo o autarca, a intervenção visa "a exploração económica e a definição de uma vocação para a zona, que deverá ter uma forte relação custo/benefício e cujo objectivo é atrair a iniciativa privada", diz.
O plano surge na sequência da "vocação estratégica e dos traços identitários já definidos" pela Câmara de Beja para o centro histórico da cidade e está a ser desenvolvido por um grupo de trabalho constituído por representantes da autarquia, da Confederação Empresarial de Portugal, da Associação Empresarial do Baixo Alentejo e Litoral e do Instituto Politécnico de Beja (IPBeja).
Vítor Picado explica que o projecto pretende envolver as populações e os empresários locais, os estudantes de ensino superior do IPBeja e profissionais de arquitectura.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima