Somos apenas mais velhos…

Quinta-feira, 17 Setembro, 2020

Francisco Orelha

presidente da Câmara Municipal de Cuba

Todos nós temos plena consciência que o processo de envelhecimento começa imediatamente após o nascimento. Faz parte do nosso ciclo de vida. Quem nasce primeiro envelhece primeiro. Para muitos este processo lógico e natural é ignorado, ao ponto de se tornar um acto discriminatório, sem respeito pelo direito, que todos temos a nascer, crescer e envelhecer com dignidade.
A familía deve ser a base e o suporte de todo este processo. Mas é muitas vezes a família a causa primeira do próprio problema. Por variadíssimas razões que se prendem com os ritmos de vida modernos não damos o devido apoio aos nossos mais velhos. Como também não damos o conforto, os cuidados de higiene e de saúde necessários. A maneira mais fácil de resolver o problema é, por vezes, fazer a sua entrega num lar de terceira idade que tenha a disponibilidade para os receber. E exactamente aí começa um novo problema.
São pouquíssimos os lares que oferecem condições para receber pessoas idosas. Muito pouco se tem feito para elevar a dignidade daqueles que nasceram primeiro, porque velhos são os trapos. Há que inverter esta situação de uma vez por todas e dizer não a um negócio pouco dignificante para o ser humano. Encaixotar pessoas, por vezes em espaços exíguos, para aumentar a capacidade e o lucro, é pouco digno. Porque não construir infra-estruturas dignas e adequadas, para as pessoas que nasceram primeiro? Deixam de ter um papel activo na sociedade, mas continuam a ser seres humanos!
Todos nós somos responsáveis por esta injustiça e discriminação que um dia nos atingirá também a nós. Enquanto esta lacuna existir e o problema se arrastar sem resolução à vista não podemos dormir descansados: cidadãos, empresas, autarquias e governo central.

<b><i>“Nada do que penso vejo como satisfatório e como definitivo”, </i></b>
Agostinho da Silva

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Em Destaque

Últimas Notícias

Role para cima