07h00 - sexta, 09/11/2018

LPN informada sobre o problema

LPN informada sobre o problema

Em declarações ao "CA", a bióloga Rita Alcazar, responsável pela Liga para a Protecção da Natureza (LPN) em Castro Verde, lembra que espécies como a raposa, saca-rabos ou corvos são "selvagens", logo sem qualquer controlo.
"Estamos sensibilizados para a problemática e achamos que ela precisa de uma boa caracterização para se poder entender melhor e poder identificar melhor as formas de resolver a situação", sublinha.
Por isso mesmo, LPN e AACB já estão a tratar de recolher, junto dos agricultores, dados sobre os locais os ataques ocorrem. Paralelamente, será necessário realizar um estudo de quantificação das populações de predadores selvagens, o que carece de financiamento, para já inexistente.
De acordo a bióloga, será esta caracterização que permitirá definir as melhores soluções para colocar termo ao problema. Rita Alcazar dá mesmo o exemplo do Norte do país, onde os ataques de lobos aos rebanhos levaram à adopção de medidas minimizadoras como a utilização de cães de gado e um melhor controlo das ovelhas na altura dos partos.
"Mas era importante analisar e estudar a situação bem, para se poder actuar com conformidade e da forma correcta", conclui.


Notícias Relacionadas

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
17h16 - domingo, 20/10/2019
Campo Arqueológico
de Mértola premiado
O Campo Arqueológico de Mértola (CAM) foi recentemente galardoado com o "IV Prémio Sísifo a la Investigación, Defensa y Difusión del Património Arqueológico" 2019, da Universidade de Córdova (Espanha).
07h00 - sexta, 18/10/2019
Autarca de Ourique espera melhoria
dos serviços públicos na região
Com o novo Governo prestes a entrar em funções, o presidente da Câmara de Ourique espera que a próxima legislatura seja marcada por uma "melhoria da qualidade de vida dos ouriquenses e dos baixo-alentejanos".
07h00 - sexta, 18/10/2019
OP de Castro Verde
é "projecto vencedor"
A proposta "Música para Todos", apresentada por Luís Carlos Afonso e avaliada em 38770 euros, foi a vencedora da primeira edição do "Orçamento Participativo" (OP) da Câmara de Castro Verde.
07h00 - quinta, 17/10/2019
EMAS Beja sensibiliza
para participação pública
Estimular a participação e integrar a comunidade na vida pública, através da apresentação de projectos, de ideias inovadoras e de soluções a implementar no concelho de Beja: são estas, em linhas gerais, as grandes metas da iPP-Iniciativa de Participação Pública, a nova aposta da Empresa Municipal de Água e Saneamento (EMAS) de Beja na área da Educação e da Sensibilização Ambiental.
07h00 - quinta, 17/10/2019
Convívio de docentes
do concelho de Odemira
Dar as boas-vindas aos professores cerca de 400 docentes que em 2019-2020 vão ensinar nos 46 estabelecimentos de ensino do concelho é o grande objectivo do Convívio Anual do Docente, que a Câmara de Odemira promove nesta quinta-feira, 17.

Data: 11/10/2019
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial