Vice-presidente do PSD de Beja critica escolha de Nilza Sena

Vice-presidente do PSD de Beja

O vice-presidente da Distrital de Beja do PSD tece duras críticas a Pedro Passos Coelho por ter escolhido Nilza Sena como cabeça-de-lista da coligação no distrito.
De acordo com a edição online do jornal “Público”, Carlos Valente acusa o líder do PSD e do Governo de ter demonstrado “uma enorme falta de respeito democrático e uma postura arrogante que não fica bem a um líder” ao impor uma candidata que “não tem qualquer afinidade/ ligação ao distrito”.
Carlos Valente reconhece que o presidente do partido tem legitimidade e autonomia para tomar a decisão que tomou, mas considera não ser “adequado que o tenha feito sem informar, com a devida antecedência, a estrutura distrital”.
Para o vice-presidente da Distrital de Beja do PSD, a escolha de Nilza Sena aparenta ser “um enorme erro político”, daí ter recusado entrar na lista da coligação “Portugal à Frente” no distrito de Beja.
De acordo com a mesma notícia, na noite de quarta-feira, 29, ainda “não havia lista” poucas horas antes da Comissão Política da Distrital ter aprovado “por unanimidade” a sua composição.
Entretanto, Nilza Sena já esteve esta sexta-feira, 31, em Beja, acompanhando o secretário de Estado das Infra-estruturas, Transportes e Comunicações, Sérgio Monteiro, na assinatura do acordo entre a ANA e a Aeroneo para a instalação de uma unidade de desmantelamento de aeronaves no aeroporto da cidade.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima