PS de Castro Verde quer obras da A26 e do IP2 concluídas

PS de Castro Verde quer obras

Uma moção do Partido Socialista aprovada pela Assembleia Municipal de Castro Verde defende a construção da A26/ IP8 e a conclusão das obras de requalificação do IP2.
A moção “Em defesa da A26 – Sines/Beja e pelo reinício imediato das obras do IP2” foi aprovada por maioria na Assembleia Municipal de Castro Verde na noite de quinta-feira, 27, com sete abstenções da CDU e uma do PSD.
No texto, os socialistas “rejeitam veementemente a proposta inaceitável” relativamente à A26/ IP8 apresentada pelo Governo, que não quer retomar as obras.
“O abandono é total e vergonhoso! E como se não bastasse, o recente Relatório do Grupo de Trabalho das Infra-estruturas de Elevado Valor Acrescentado, encomendado pelo Governo, vem determinar que esta obra fundamental para o futuro do Baixo Alentejo não seja retomada”, pode ler-se no documento.
Quanto ao IP2, considerado “uma via fundamental” para o concelho de Castro Verde e toda a região, a moção apresentada pelo PS exige “que as obras sejam reiniciadas com a maior urgência em benefício das populações, do desenvolvimento económico e da coesão territorial”.
O IP2 “encontra-se num estado lastimável, proporcionando condições de completa insegurança e risco para os seus utilizadores e, consequentemente, não cumprindo o seu papel decisivo na dinamização da economia concelhia e regional”, vinca a moção.
A moção vai agora ser enviada ao primeiro-ministro Pedro Passos Coelho, ao ministro adjunto e do Desenvolvimento Regional Miguel Poiares Maduro, e aos grupos parlamentares na Assembleia da República.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima