PCP contesta fecho de escolas em Ourique

PCP contesta fecho

A Comissão Concelhia de Ourique do PCP contesta o eventual encerramento, por parte do Governo, das escolas básicas de primeiro ciclo de Garvão e Santana da Serra.
Em comunicado, os comunistas ouriquenses defendem que, a confirmar-se, esta medida administrativa “irá continuar a contribuir, para a desertificação do interior do país, retirando as crianças do seu ambiente natural, quebrando laços familiares de grande importância para o seu equilíbrio emocional”, além de obrigar “a alterações de horários e a deslocações desnecessárias” e não respeitar “as cartas educativas aprovadas nos órgãos municipais e homologadas pelo Governo”.
“A Comissão Concelhia do PCP repudia esta resolução economicista do Governo, fazendo votos para que as populações, em conjunto com as forças vivas do concelho, se oponham a mais esta medida lesiva, em primeiro lugar dos interesses das crianças e, ainda, do progresso do concelho de Ourique”, conclui o comunicado do PCP.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima