Parque em Arraiolos ensina segurança rodoviária a crianças

Parque em Arraiolos ensina

Um parque temático na área da segurança rodoviária vai ‘nascer’ em Arraiolos para, de forma lúdica, transmitir conceitos de cidadania ao volante a ‘miúdos e graúdos’ do distrito de Évora, visando combater a sinistralidade rodoviária.
O projecto intitula-se “Road Park – Parque de Cidadania Rodoviária” e tem como parceiros a GARE – Associação para a Promoção de uma Cultura de Segurança Rodoviária, a Câmara de Arraiolos, a Direcção Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGEstE) e o Comando Territorial de Évora da GNR.
Aprovada pelo Ministério da Administração Interna, a infra-estrutura é inaugurada esta quarta-feira, 15, às 10h00, no Parque Industrial de Arraiolos, situado na localidade de Ilhas.
Segundo os promotores, o “Road Park” visa contribuir para uma cultura de prevenção rodoviária transversal a diferentes faixas etárias e níveis de escolaridade.
O objectivo, explica à Agência Lusa Adérito Araújo, presidente da GARE, passa por contribuir para a melhoria da mobilidade urbana sustentável e para o combate à sinistralidade rodoviária, a partir de práticas de educação cívica.
“Vamos ter um conjunto muito diversificado de actividades nas instalações do parque, quer no exterior, quer no interior, para promover aquele que é o objectivo da GARE”, ou seja, “uma cultura de segurança rodoviária”, diz.
O equipamento educativo, que tem, neste primeiro ano, co-financiamento do Fundo de Garantia Automóvel, destina-se, em primeira linha, aos alunos do Ensino Básico (1.º, 2.º e 3.º ciclos) e do Secundário do distrito de Évora.
Mas os promotores do projecto pretendem que o “Road Park” esteja igualmente aberto ao público em geral, aos fins-de-semana, para que pais e filhos possam apreender os mesmos conhecimentos.
“Queremos transformar o equipamento num parque temático onde as pessoas possam ir ao fim de semana com as suas crianças e, de uma forma lúdica, aprender alguma coisa útil sobre segurança rodoviária”, explica Adérito Araújo.
Assente na mobilidade segura, redução do risco rodoviário e segurança rodoviária para crianças e jovens, o parque vai estar organizado em três eixos: formação, laboratório de segurança rodoviária e circuitos de condução.
“Vamos disponibilizar três circuitos rodoviários, onde os alunos vão poder conduzir pequenas moto-quatros, karts a pedais e o Alcokart” da GARE, um kart eléctrico que simula a condução sob o efeito do álcool ou de outras substâncias, refere.
Na sala de formação, continua, vão decorrer acções adequadas a cada nível de escolaridade, enquanto, no laboratório, as crianças e jovens vão usar vários meios pedagógicos para “testar o efeito do álcool ou das drogas”.
O projecto engloba ainda a actividade “Arrisca na Arte” para que os alunos criem materiais de sensibilização e informação sobre a prevenção rodoviária, através do desenho, fotografia ou texto, entre outras áreas artísticas.
“É nesta altura, de tenra idade, quando começamos a aprender, que temos de aprender da melhor forma, para que, mais tarde, os nossos comportamentos sejam de verdadeira cidadania rodoviária”, destaca o presidente da GARE.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima