Ovibeja abre portas e espera "casa cheia"

Ovibeja abre portas

Durante cinco dias todo o Alentejo deste mundo vai caber no Parque de Feiras e Exposições “Manuel Castro e Brito”, em Beja, que a partir desta quarta-feira, 24 de Abril, recebe a 36ª edição da Ovibeja.
A feira que dá a conhecer o que de melhor se faz neste quinhão de terra é este ano é dedicada à temática das alterações climáticas e até domingo, 28, são esperados cinco dias de “casa cheia”, com milhares de visitantes a percorrer os diversos pavilhões do certame organizado pela ACOS-Agricultores do Sul.
“Vamos ter uma feira cheia, no mesmo esquema dos últimos anos com o pavilhão institucional, a zona da pecuária, o pavilhão ‘Terra Fértil’ dedicado ao olival e ao 9º Concurso Internacional de Azeite Virgem Extra, como tem sido hábito, e a uma exposição sobre as alterações climáticas. Vamos manter ao lado uma tenda com as tasquinhas e petiscos tal como o Pavilhão do Artesanato e do Cante”, revela ao “CA” o presidente da ACOS.
Segundo Rui Garrido, em 2019 a Ovibeja tem registado “bastante procura de expositores, mais do que no ano passado”. “É um sintoma de que a feira é interessante para os expositores, de que a actividade agrícola está viva e isso é salutar”, acrescenta.
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai estar na inauguração da Ovibeja 2019, nesta quarta-feira, 24. Depois seguem-se cinco dias com muitos pontos de interesse, a começar pela discussão em torno do tema da feira deste ano, a problemática das alterações climáticas.
Nesse sentido, na sexta-feira e sábado, dias 26 e 27 de Abril a Ovibeja vai debater as causas e efeitos das alterações climáticas na produção animal, produção florestal, olival, vinha, pastagens, hortícolas, além de se debruçar sobre o Roteiro para a Neutralidade Carbónica e, por iniciativa da Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (CIMBAL), sobre o Plano Intermunicipal de Adaptação às Alterações Climáticas do Baixo Alentejo.
Também a nova PAC não deixará de ser tema de debate na feira, onde não faltarão seminários, colóquios e workshops sobre outras matérias.
A música é outro dos grandes destaques da “grande feira do Sul”, que recebe no palco principal os concertos de António Zambujo (na noite desta quarta-feira, 24 de Abril, numa parceria da ACOS com a Câmara de Beja), Fernando Daniel (quinta-feira, 25), Matias Damásio (sexta-feira, 26) e Rui Veloso (sábado, 27).

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima