Morreu comandante dos Bombeiros de Ourique

Morreu comandante dos

O comandante dos Bombeiros Voluntários de Ourique foi encontrado esta segunda-feira, 19, sem vida na sua residência, tudo indicando que tenha cometido suicídio com uma arma de fogo.
No local estiveram os Bombeiros de Ourique e a GNR, tendo corpo de Eduardo Jorge Guerreiro, de 52 anos, sido transportado para o Gabinete Médico-Legal do Hospital de Beja, depois do Ministério Público ter dispensado a presença do delegado de saúde por não existirem indícios de crime.
Segundo algumas fontes, Eduardo Jorge Guerreiro tinha 52 anos e estava para deixar o cargo de comandante dos Bombeiros de Ourique em breve, depois de ter sofrido um acidente vascular cerebral (AVC) recentemente.
Em nota de pesar enviada para as redacções já esta terça-feira, 20, de manhã, a Câmara de Ourique lembra a “memória”, o “exemplo cívico” e o “contributo” de Eduardo Jorge Guerreiro “para que a comunidade de Ourique tivesse a adequada resposta de protecção e socorro”.
“Foram muitos anos de dedicação ao serviço público de protecção civil e à nossa comunidade local, sempre com uma disponibilidade exemplar, uma entrega generosa e um consistente sentido de ajuda ao próximo sem olhar a quem”, sublinha a autarquia na nota, acrescentando: “O Município de Ourique curva-se perante a memória do comandante Eduardo Jorge, formulando votos para que o seu exemplo cívico sirva de inspiração para a construção de uma sociedade ainda melhor”.
À família enlutada e aos Bombeiros Voluntários de Ourique o “CA” apresenta as suas sentidas condolências.

Notícia actualizada às 12h24 de terça-feira, 20

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima