Festival Sabores do Borrego valoriza “a vida no campo”

Festival Sabores do Borrego

Valorizar e afirmar a agricultura e a pecuária do concelho, assim como promover um dos produtos mais emblemáticos da região do Campo Branco (e da época): são estes os objectivos da segunda edição do Festival “Sabores do Borrego”, que vai decorrer em Castro Verde a partir desta sexta-feira, 29 de Março. A iniciativa é promovida pela Câmara Municipal local, em parceria com a Associação de Agricultores do Campo Branco (AACB) e o Agrupamento de Produtores Pecuários “Carnes do Campo Branco”, contando com o patrocínio da Caixa Agrícola de Aljustrel e Almodôvar.
Em declarações ao “CA”, o presidente da Câmara Municipal recorda que o certame “nasceu para valorizar a vida no campo e o sector agro-pecuário” do concelho. “Em 2018 a estreia do festival não podia ter corrido melhor e, este ano, apostamos num evidente crescimento. Teremos mais do dobro de área de exposição e contamos com cerca de 30 expositores – quatro vezes mais do que em 2018 –, havendo a presença confirmada de várias empresas e organizações locais e regionais. Isto traduz o evidente crescimento de um projecto que é novo e que está a fazer o seu caminho de um modo sustentável e de acordo com aquilo que pretendemos”, nota António José Brito.
O autarca reconhece igualmente que o festival é “resultado da excelente parceria” com a AACB e com o Agrupamento de Produtores. “Só a disponibilidade e empenho destas duas entidades permite consolidar resultados tão positivos”, afiança António José Brito, que acrescenta: “Vale a pena lembrar que, neste último ano, foi possível criar uma parceria com vários restaurantes e três talhos do concelho para que o borrego do Campo Branco esteja diariamente acessível às pessoas”.
Além do mais, continua António José Brito, associado ao festival está a decorrer mais uma Semana Gastronómica do Borrego, com a participação de 13 restaurantes de Castro Verde e de Entradas. “Creio que estes dados traduzem bem como este projecto, de facto, tem vindo a valorizar e dar força à produção pecuária no concelho”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima