Évora vai receber em Outubro conferência sobre 40 anos de Abril

Évora vai receber em Outubro

Os 40 anos do 25 de Abril e o “contributo enorme” do Poder Local para “a melhoria da qualidade de vida da população” no Alentejo Central, neste período, vão estar em foco numa conferência em Évora, em Outubro.
A conferência, de âmbito nacional, intitula-se “O 25 de Abril e o Poder Local Democrático” e está agendada para 10 de Outubro, no Palácio D. Manuel, numa organização da Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central (CIMAC).
A presidente da CIMAC, Hortênsia Menino, explicou à Agência Lusa que o encontro está integrado num conjunto de iniciativas que a comunidade intermunicipal vai promover, ainda este ano, para assinalar os 40 anos do 25 de Abril.
“O objectivo da conferência é valorizar aquilo que tem sido o trabalho desenvolvido pelo Poder Local no Alentejo Central, através da apresentação das memórias que marcaram a vida das populações”, disse.
Segundo a responsável, o debate pretende também “reconhecer publicamente o valor que a intervenção autárquica tem tido no distrito e a profunda transformação que teve lugar”, muito graças “ao contributo enorme” do Poder local.
“Vamos reflectir sobre questões que têm a ver com as áreas de intervenção das autarquias e avaliar o que são os desafios, as dificuldades e os constrangimentos de que o Poder Local está a ser alvo, neste momento”, acrescentou.
A intervenção dos municípios, ao longo dos últimos 40 anos, representou “um tempo de avanço e de progresso” para “a maioria” dos concelhos do distrito de Évora, visível “na criação de infra-estruturas e de equipamentos e no apoio ao momento associativo”, realçou.
Mas, actualmente, assiste-se a “uma tentativa deliberada e assumida de alterar profundamente o Poder Local democrático”, criticou Hortênsia Menino, igualmente presidente da Câmara de Montemor-o-Novo (CDU).
“Todas as medidas e legislações têm sido no sentido da retirada de autonomia, do estrangulamento financeiro, dos entraves burocráticos e administrativos à gestão corrente” das autarquias, o que está “a condicionar muito a capacidade de resposta e de resolução dos problemas da população”, argumentou.
Estes são assuntos em foco na conferência nacional, aberta a todos os interessados mediante inscrição prévia, através da página da Internet www.cimac.pt/convida.
Pela natureza do tema em discussão, o encontro é e vocacionado para eleitos do Poder Local, nomeadamente de câmaras e assembleias municipais, juntas e assembleias de freguesia, associações de municípios e comunidades intermunicipais.
Técnicos da administração pública, estudantes, professores, dirigentes e outros profissionais da área também estão entre o público-alvo.
Além da conferência, a CIMAC, que integra os 14 municípios do distrito de Évora, pretende promover também uma exposição, a edição de um livro e um concurso de serigrafia, ainda sem datas marcadas, sobre os 40 anos do 25 de Abril.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima