CTT “atentos” a problemas em Castro e Ourique

CTT “atentos” a problemas

O presidente-executivo dos CTT garante que a administração da empresa está a par dos problemas denunciados nas últimas semanas pelas câmaras de Castro Verde e Ourique relativamente ao serviço postal nos respectivos concelhos.
Em declarações ao “CA”, João Bento afiança que a empresa está “atenta” e a agir “de cada vez que há problemas”. “Tentamos compreender as suas causas e resolvê-las”, afirma.
Segundo este responsável, os CTT sentiram “muitas dificuldades” em todo o Alentejo na contratação de pessoal para o Verão, para fazer face ao período de férias de carteiros e outros profissionais do serviço postal nacional.
“Estamos num quadro de praticamente pleno emprego [em Portugal], daí ter sido muito difícil substituir os lugares de quem foi de férias. E parte dos problemas de qualidade de serviço que houve nos concelhos que refere tiveram que ver com isso. Mas cremos que estão ultrapassados e estamos a trabalhar para que não voltem a acontecer”, vinca João Bento.
Sobre a eventual reabertura das estações dos CTT de Almodôvar e de Ourique, também concessionadas as terceiros desde 2018, João Bento evita definir prazos. "Não nos temos comprometido com calendários, porque cada caso é um caso. Estamos a fazer [este processo] calmamente e há-de chegar a altura em que esses concelhos não deixarão de ter a estação própria dos CTT", garante o presidente-executivo dos Correios.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima