Cooperativa Barro e Xisto de Aljustrel vai fechar

Cooperativa Barro e Xisto de Aljustrel vai fechar

Está decidido: a Cooperativa Agrícola Barro e Xisto de Aljustrel, com sede na vila mineira, vai fechar portas. Apesar de não estar prevista a extinção, a instituição vai suspender a sua actividade muito em breve, face à redução acentuada na prestação de serviços e por forma a evitar que tal se traduza na acumulação de dívidas, revela ao “CA” o presidente da Direcção da entidade.
“A situação está muito complicada e posso dizer, com muita tristeza, que vamos ter de fechar! Está decidido pela Direcção e vamos fechar, não extinguir a cooperativa”, adianta Romão Mestre, de 63 anos. “É fechar para aliviar as despesas, porque não queremos ficar a dever a este ou àquele. E antes que isso venha a acontecer, estamos a dar um passo em frente”, acrescenta este agricultor.
De acordo com Romão Mestre, a sua direcção está em funções há 12 anos e tem sempre batalhado para a cooperativa “não fechar”, dando emprego a duas pessoas e mantendo em funcionamento os serviços de apoio aos agricultores (em matéria de candidaturas e outras questões burocráticas), a comercialização de factores de produção e o armazenamento de cereais nos silos da antiga EPAC. Mas tudo tem um fim e o da Cooperativa Barro e Xisto de Aljustrel está para breve.
“Temos mesmo que fechar, pois temos que acabar com as despesas. E a única maneira é fechar”, afiança o presidente da cooperativa, garantindo que a actual direcção conta “ficar com tudo pago”. Além do mais, continua Romão Mestres, “não extinguimos a cooperativa e até pode haver alguém que queira dar continuidade a isto. Se isso acontecer, terá o meu apoio e de nós todos”.
Com cerca de 40 associados, a Cooperativa Barro e Xisto de Aljustrel está mais vocacionada para a agricultura de sequeiro e a pecuária, acabando por ser penalizada pelo crescimento acentuado do regadio no concelho. “Muita gente tem vendido as suas terras e ao venderem as suas terras deixam de utilizar os nossos serviços”, explica Romão Mestre.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima