Uma estrada para visitar (e remendar)

Quinta-feira, 6 Dezembro, 2018

Carlos Pinto

director do correio alentejo

A Estrada Nacional (EN) 2, que liga Chaves a Faro pelo interior ao longo de 738 quilómetros (dos quais umas largas dezenas atravessam concelhos como Ferreira do Alentejo, Aljustrel, Castro Verde e Almodôvar), foi eleita um dos 19 locais a visitar no mundo no próximo ano de 2019 pela norte-americana “Frommer’s”, uma editora especialista em viagens. De acordo com esta publicação, em Portugal “os viajantes mais sagazes podem fugir às multidões, explorando o bonito e por vezes negligenciado interior”, apontando como exemplo a EN2, que comparam à mística estrada norte-americana “Route 66”, que atravessa os EUA de costa a costa. A “Froomer’s” vai mais longe e diz mesmo que a EN2 oferece uma “icónica” viagem por estrada, “desde a cidade romana de Chaves, perto da fronteira a norte com Espanha, até às amenas praias da costa sul algarvia”.
Ora pelo meio os visitantes que acederem ao “desafio” da “Froomer’s” encontrarão a planície alentejana, que certamente os encantará pela sua vastidão apaziguadora e cheia de sons, cheiros e sabores únicos em todo o mundo. O pior vão ser os pneus e os amortecedores das viaturas (de duas ou quatro rodas) em que façam a viagem, que dificilmente elogiarão a qualidade do asfalto que vão percorrer ao longo destes concelhos baixo-alentejanos.
O actual estado da EN2 há muito que é um problema para estes municípios (e respectivas populações). Uma estrada por remendar que é uma vergonha para o país e uma incompreensível demonstração de laxismo por parte da Infra-estruturas de Portugal. Pode ser que tudo mude se forem muitos os turistas que decidam percorrer a EN2 em 2019…

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Em Destaque

Últimas Notícias

Role para cima