Beja inaugura centro interpretativo do cante

Beja inaugura centro

A Câmara de Beja inaugura neste sábado, 26, pelas 17h30, no Centro UNESCO, o Centro Interpretativo d’A Música Portuguesa a Gostar Dela Própria/ Sala do Cante e da Viola Campaniça. A cerimónia marca o arranque do programa comemorativo do quinto aniversário da classificação do cante alentejano como património imaterial da Humanidade.
De acordo com a autarquia, o novo espaço, além de contar um pouco da histórica do cante e da viola campaniça, permitirá, através da mesa interactiva “MPGDP”, “navegar pelos mais de três mil vídeos gravados por Tiago Pereira desde 2011, com destaque óbvio para o repertório de música tradicional do concelho de Beja”.
A iniciativa contará com a presença, como convidados, de José Francisco Colaço Guerreiro (da Cortiçol/ Castro Verde) e de Tiago Pereira (do projecto “A Música Portuguesa a Gostar Dela Própria”), além de dos grupos corais da Cabeça Gorda e “Estrelas do Alentejo”.
As comemorações continuam no mês de Novembro, primeiro no dia 23, com o debate “Vozes do Cante: O cancioneiro e o futuro” (17h30). E depois no dia 27, com a iniciativa “Cante ao Entardecer”, onde vários grupos do concelho vão cantar em locais públicos da cidade.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

OP de Odemira com 51 propostas em 2021

Um total de 51 propostas de investimento público foram apresentadas pela população do concelho de Odemira no âmbito do processo do “Orçamento Participativo” (OP) de

Role para cima