Autarca de Mértola satisfeito por tribunal local não fechar

Autarca de Mértola satisfeito

O presidente da Câmara de Mértola ficou “bastante satisfeito” por o tribunal local passar a secção de proximidade e não encerrar, como esteve inicialmente previsto.
“Estamos bastante satisfeitos por ficarmos fora da lista de encerramentos”, sublinha o socialista Jorge Rosa, acrescentando: “O Ministério da Justiça acabou por voltar um pouco atrás em relação a Mértola, uma vez que o tribunal não vai mesmo encerrar. E isto deve-se, sobretudo, à pressão que fizemos junto do Ministério de várias formas”.
A satisfação de Jorge Rosa surge depois do Governo ter aprovado esta quinta-feira, 6, em Conselho de Ministros, o novo mapa judiciário do país.
O diploma prevê o encerramento de 20 tribunais em todo o país e a transformação de 27, entre os quais o de Mértola, em secção de proximidade.
Contudo, o tribunal da vila-museu, juntamente com mais oito tribunais, terá um regime de excepção, o que lhe permitirá receber julgamentos, assim como procedimentos como a entrega de requerimentos, a consulta de processos ou até a realização de actos judiciais, como a inquirição de testemunhas por vídeo-conferência.
Este regime “obriga a que os juízes se desloquem àquele tribunal e que os julgamentos sejam realizados em Mértola e não no tribunal da Comarca, em Beja. Ou seja, vamos manter-nos exactamente como agora”, vinca Jorge Rosa, defendendo que com o tempo a secção de proximidade em Mértola evolua para secção de competências genéricas.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima