Assembleia da República recomenda ao Governo construção de novas Urgências em Castro Verde

A Assembleia da República aprovou na sexta-feira, 19, por unanimidade (com exceção do deputado do Chega, que esteve ausente da votação), uma recomendação da Comissão de Saúde ao Governo defendendo a construção de um novo edifício para o Serviço de Urgência Básica (SUB) de Castro Verde.

O texto final, apresentado pela Comissão de Saúde a partir de projetos de resolução do PCP e do Bloco de Esquerda, recomenda ao Governo que proceda, “em conjunto com a Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA), a um levantamento de necessidades para o SUB de Castro Verde”.

É também recomendado que o Governo “atribua ao conselho de administração” desta entidade “a competência para desencadear os procedimentos necessários à construção do novo edifício”.

A Assembleia da República recomenda ainda que o Governo “proceda ao investimento necessário com vista à construção de um novo edifício capaz de dar resposta à área de influência e de responder às condições exigidas para o funcionamento do SUB de Castro Verde” e que seja definida “a calendarização da execução da obra na sua totalidade, assim como proceda à abertura de concurso público para a execução da empreitada”.

O texto final, aprovado pelos deputados de todas as bancadas, recomenda igualmente que seja assegurada “a contratação efetiva dos profissionais de saúde, integrados em carreiras com vínculo público, que garantam o adequado funcionamento do SUB de Castro Verde”.

Recorde-se que a Câmara de Castro Verde defendeu, em outubro de 2018, a construção de um novo edifício para o SUB da vila durante uma visita dos deputados da Comissão de Saúde ao local.

Na ocasião, o presidente da autarquia, António José Brito, manifestou mesmo a disponibilidade do município para ceder um terreno à ULSBA para esse efeito.

Mais tarde, em agosto de 2020, o presidente da Câmara de Castro Verde reuniu, em Lisboa, com o secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, voltando a defender a construção de um novo SUB na localidade. Contudo, perante uma avaliação técnica da proposta, chegou-se ao entendimento de que a ampliação do atual edifício seria o mais adequado.

As obras de ampliação foram anunciadas meses depois, a 21 outubro de 2020, depois de uma visita do presidente da Administração Regional de Saúde do Alentejo, José Robalo, e da presidente da administração da ULSBA, Conceição Margalha, a Castro Verde.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima