ASPIG exige reactivação da Brigada de Trânsito

ASPIG exige reactivação

A Associação Sócio-profissional Independente da Guarda (ASPIG) exige a “reactivação urgente” da Brigada de Trânsito (BT) da GNR para combater a sinistralidade rodoviária.
“Pedimos a reactivação urgente da Brigada de Trânsito (BT)” porque a sua extinção “foi o erro mais grave cometido nesta democracia, relativamente às forças de segurança”, afirma à Agência Lusa o presidente da ASPIG, José Alho.
Segundo este responsável, “cada vez justifica-se mais a reactivação da BT para reforçar a vigilância das estradas”, de forma a contribuir para “reduzir a sinistralidade rodoviária”.
O que se verifica no terreno, refere, é que os condutores “fogem das auto-estradas para as estradas secundárias” porque “não têm dinheiro para reparar as viaturas”, problemas que são “inerente à crise”, afirma.
A reivindicação do presidente da ASPIG surge após os dois graves acidentes ocorridos a 16 e 17 de Agosto no Itinerário Complementar (IC) 1, na zona de Ourique, que provocaram um total de nove mortos e três feridos.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima