Aeroporto de Beja deve acolher dois voos previstos para Faro no domingo

Aeroporto de Beja deve acolher dois voos previstos para Faro no domingo

O aeroporto de Beja deverá realizar domingo, 30, dois voos previstos partir de Faro e está "disponível" para efectuar outros programados para o aeroporto algarvio desde que sejam previamente autorizados pelo Instituto Nacional de Aviação Civil (INAC).
O aeroporto de Beja, que faz parte da rede de aeroportos nacionais gerida pela ANA – Aeroportos de Portugal, "está disponível" para realizar voos previstos para Faro, "mas todos os pedidos de operações têm que ser antecedidos" daquele "formalismo", diz o responsável pela infra-estrutura aeroportuária alentejana, Pedro Beja Neves, citado pela Agência Lusa.
"Satisfeito o formalismo", o aeroporto de Beja "recebe os voos", acrescenta, lembrando que infra-estrutura aeroportuária alentejana "já realizou, até ao momento, cerca de 34 rotações de aeronaves" e todas tiveram "uma característica comum": foram "antecedidas de um pedido de autorização ao INAC e à Força Aérea Portuguesa (FAP)".
O INAC já certificou a infra-estrutura aeronáutica da Base Aérea 11, que é usada pelo aeroporto de Beja, para voos sem passageiros e para estacionamento e manutenção de aeronaves, mas falta a certificação para a realização de voos de passageiros.
Por isso, até todo o processo de certificação ficar concluído, o que deverá acontecer durante o primeiro trimestre de 2012, todas as operações de voos civis comerciais a partir do aeroporto de Beja têm de ser objecto de autorização pontual por parte do INAC.
Segundo Pedro Beja Neves, já foi feito um pedido ao INAC e à FAP com vista à "possibilidade de o aeroporto de Beja facilitar, no domingo, duas descolagens" de aviões da companhia aérea Adria Airways, que, "em condições normais", deveriam ser feitas a partir de Faro.
As descolagens para "embarque de passageiros" a partir do aeroporto de Beja foram pedidas pela Adria Airways e irão realizar-se se forem autorizadas pelo INAC e pela FAP, vinca Pedro Beja Neves, referindo que ainda não tem conhecimento do despacho daquelas entidades.
Trata-se de dois voos de regresso de passageiros da operação <i>charter</i> que o Grupo Vila Vita está a realizar durante este mês e Novembro para transportar funcionários alemães até Portugal.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima