1.016 idosos de Odemira “sinalizados” pela GNR

1.016 idosos de Odemira

A GNR de Odemira tem sinalizados em todo o concelho um total de 1016 idosos em situação vulnerável, entre os quais 114 (55 homens e 54 mulheres) a viver sozinhos e isolados.
Os dados são avançados ao "CA" pelo comandante do Destacamento da Guarda, para assim justificar a importância de acções como a "Idosos em Segurança".
"Queremos mostrar que estamos com eles e que estamos disponíveis para ajudar naquilo que for necessário", afirma o capitão Carlos Falcão de Carvalho, 34 anos, que comanda o Destacamento desde Agosto de 2015.
De acordo com este responsável, o maior risco associado a esta franja da população "são as burlas".
"Mas no concelho de Odemira os casos de burla junto de idosos têm vindo a decrescer", garante o militar, reconhecendo que nem a GNR fica a par de todos os episódios.
"Muitas vezes acontecem tentativas de burla que não nos são denunciadas", acrescenta o capitão Falcão de Carvalho, que também se mostra apreensivo com o ainda elevado número de idosos que vivem sozinhos e/ ou isolados.
"Se lhes acontece alguma coisa, demoram muito tempo a pedir auxílio", alerta.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima