Vereador do PS em Castro sugere alterações às ATL 2014

Vereador do PS em Castro

O vereador do PS na Câmara de Castro Verde, António José Brito, defende que a autarquia altere o modelo de actividades de tempos livres (ATL) para os mais novos no Verão.
Na declaração de voto apresentada na passada quarta-feira, 4, em reunião de Câmara, durante a discussão da proposta da edilidade para as ATL 2014, o eleito socialista vincou “a importância da iniciativa e o seu grande interesse para as crianças do concelho e suas famílias”, considerando, contudo, que a iniciativa apresenta algumas “insuficiências”.
Lacunas que, argumentou, “permitem concluir que o modelo de ATL adoptado não vai de encontro às necessidades sentidas pelas crianças e pais no período das férias escolares”.
Em causa está, de acordo com o vereador do PS, o facto de as ATL só começarem a 7 de Julho, ou seja, três semanas depois do fim das aulas, assim como o horário estabelecido ser de apenas três horas diárias e de o programa terminar três semanas antes do início do próximo ano lectivo.
Além do mais, António José Brito contesta ainda que as crianças tenham a possibilidade de frequentar os ATL “apenas num período de três semanas e em número limitado”, sendo que num total de 13 semanas de férias, “as crianças estarão pelo menos 10 semanas sem oportunidade de ter ocupação em ATL”.
“Que actividades terão estas crianças das vilas e aldeias do nosso concelho nesse período de férias escolares?”, questiona o vereador, defendendo ser necessário que a Câmara Municipal “altere o modelo definido para as ATL”.
Nesse sentido, “e não sendo isso possível em 2014”, António José Brito recomenda que em 2015 o programa das ATL em Castro Verde preveja a duplicação do horário estipulado para cada dia de ATL e proporcione às crianças a frequência das actividades durante todo o período da sua existência.
O vereador propõe ainda que as ATL sejam antecipadas “tanto quanto possível” e mantidas “pelo menos até ao fim do mês de Agosto”, sugerindo que “não havendo capacidade da autarquia para dinamizar o projecto ATL nestes termos”, possam ser estabelecidas “atempadamente” parcerias com outras entidades do concelho, “com financiamento municipal adequado”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima