Terminou a cerca sanitária em São Teotónio e Longueira/Almograve

O primeiro-ministro, António Costa, anunciou esta terça-feira, 11, em Odemira, o levantamento da cerca sanitária às freguesias de São Teotónio e Longueira/Almograve, com efeitos a partir das 00h00 desta quarta-feira.

“Hoje durante a tarde reunimos um Conselho de Ministros eletrónico que já está concluído e, portanto, foi decretado o levantamento da cerca sanitária […] nestas duas freguesias”, disse António Costa, que esteve em Odemira acompanhado pela ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva, pelo secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro, Tiago Antunes, pela secretária de Estado da Habitação, Marina Gonçalves, e pelo secretário de Estado da Agricultura, Rui Martinho.

Ainda assim, Costa sublinhou que o levantamento da cerca sanitária “não significa que o problema tenha desaparecido”.

“Por isso, temos de manter a vigilância, manter a atuação preventiva e temos que ser proactivos na deteção de situações de insalubridade”, reforçou o primeiro-ministro.

Posteriormente, em comunicado, o Conselho de Ministros justificou o levantamento da cerca sanitária de São Teotónio e Longueira/Almograve, em vigor desde 30 de abril, com a “evolução positiva da situação epidemiológica verificada naquelas freguesias, decorrente em grande medida da implementação de mecanismos para a mitigação das dificuldades que o elevado grau de mobilidade e as dinâmicas próprias daquela zona geográfica criavam no combate à propagação do vírus SARS-CoV-2”.

Recorde-se que o final da cerca sanitária a São Teotónio e Longueira/Almograve já tinha sido antecipada, durante a tarde, pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

Durante a passagem do primeiro-ministro por Odemira foram também assinados dois documentos para dar “respostas habitacionais” no concelho, nomeadamente um memorando de entendimento entre o Ministério das Infraestruturas e Habitação e a Câmara Municipal, tendo em vista encontrar soluções habitacionais dignas para a superação de alguma vulnerabilidades da população local, no quadro da Estratégia Local de Habitação.

Notícia atualizada às 7h00 de quarta-feira, 12 de maio

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Odemira promove cidadania ambiental

Alertar as comunidades “para o problema dos resíduos”, para que os cidadãos “se tornem agentes de mudança”, é o grande objetivo do projeto “A Rua

Role para cima