Regional de XCO vai ser em Castro Verde

Regional de XCO vai

Castro Verde vai receber, no dia 24 de Maio, o campeonato regional do Alentejo e Algarve de XCO, uma variante do BTT, numa organização da AMCP Bike Team, secção de BTT da Associação de Moradores da Cerca dos Pinheiros. A prova deverá juntar na vila cerca de 350 atletas e quase cinco centenas de visitantes.
“É um orgulho imenso” podermos organizar esta prova, confidencia ao “CA” Francisco Gonçalves, um dos directores-desportivos da AMCP Bike Team, prevendo um dia intenso e de muita adrenalina.
De acordo com Luís Galhano, outro dos directores-desportivos da AMCP Bike Team, a escolha de Castro Verde para acolher o Regional de XCO em 2020 partiu dos próprios clubes de BTT do Algarve e foi unânime.
“Os clubes que vieram às edições anteriores [da nossa prova] viram a nossa capacidade de organização e de resposta. Além do mais, a nossa pista pode expandir-se. E ao verificarem isso, os clubes deram-nos esta grande oportunidade”, frisa. “Mas o nosso objectivo não passa por aqui, queremos ir mais além… Queremos organizar uma prova nacional! Mas vamos com calma”, reforça Francisco Gonçalves.
A organização do Regional de XCO será o momento mais alto na ainda curta existência da AMCP Bike Team, criada em Março de 2015 e que conta actualmente com 25 atletas, maioritariamente de Castro Verde (a que se juntam alguns praticantes de Almodôvar e Ourique).
“Felizmente temos vindo a crescer”, observa com satisfação Luís Galhano, explicando que a equipa costuma participar em provas em todo o Alentejo, Litoral Alentejano e Algarve. “Participamos pelo nosso bem-estar enquanto praticantes de ciclismo e de BTT, mas também para projectar o nome da nossa associação, dos nossos patrocinadores e do Município de Castro Verde”, diz.
Em Castro Verde a AMCP Bike Team organiza, sempre em Maio, uma prova de XCO, variante do BTT que consiste num percurso fechado com muitos obstáculos e que exige bastante técnica aos ciclistas.
“Quisemos fazer algo de diferente na nossa região. Daí ter surgido a nossa pista”, explica Luís Galhano, referindo que a organização das provas tem sido marcada pelo “sucesso”. ogredimos logística e humanamente em todos os aspectos”, garante.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima