PSD acusa esquerda de atacar Baixo Alentejo

PSD acusa esquerda

A Distrital de Beja do PSD acusa o Governo do PS, assim como Bloco de Esquerda e PCP, de fazerem um “ataque despudorado” ao Baixo Alentejo, ignorando a região no novo Orçamento do Estado.
Em comunicado, os sociais-democratas questionam sobre “onde está a força do Baixo Alentejo prometida por Pedro do Carmo” ou “as medidas vezes sem conta anunciadas por João Ramos na defesa da região”.
Em causa estão, segundo a Distrital laranja, o “abrandamento nas obras da EDIA”, “o atraso nos pagamentos do PRODER”, “o corte no financiamento para a conclusão das obras do IP2 e IP8” ou a “exclusão total no investimento na ferrovia”.
Sobre o aeroporto de Beja, a Distrital do PSD também estranha “a ausência, de uma proposta de dinamização desta infra-estrutura” e na área social sustenta que “depois do sucesso do Programa de Emergência Social implementado pelo anterior Governo”, “é no mínimo surpreendente a falta de medidas estruturais para o sector e de apoio concreto para as IPSS”.
“Face ao exposto é caso para perguntar onde está a força do Baixo Alentejo?”, qestiona o PSD, acrescentando: “Como se tudo isto não bastasse, fomos surpreendidos nas duas últimas semanas por comportamentos sem um pingo de vergonha com o propósito de fazer regressar a Portugal os tempos da asfixia e da claustrofobia democrática”.
“É a própria cultura democrática que está em perigo, sendo preocupante os diversos indícios evidenciados por António Costa e pelo Partido Socialista, de pretenderem tomar conta do país”, continua o comunicado do PSD, garantindo que o mesmo se passa “com o despudorado assalto a todas as estruturas intermédias do poder”, caso do IEFP.
“Que esta é uma prática useira e vezeira por parte do Partido Socialista, que não surpreende, estaremos todos de acordo. No entanto, não podemos deixar de estranhar o ruidoso silêncio cúmplice do parceiro de Governo, Partido Comunista Português e do seu deputado na região, João Ramos”, conclui o PSD.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima