PS: Pita Ameixa considera “completamente prematuro” candidatura de Pedro do Carmo

PS: Pita Ameixa considera “completamente prematuro” candidatura de Pedro do Carmo

O presidente da Federação do Baixo Alentejo do PS, Luís Pita Ameixa, considerou que o momento escolhido por Pedro do Carmo para apresentar a candidatura à liderança distrital é “completamente prematuro e desajustado” e vai “prejudicar o PS”.
“Há um período próprio. Quando abrirem os períodos eleitorais, naturalmente que todos são livres de se apresentarem, mas neste momento é completamente prematuro e desajustado”, disse o também deputado do PS eleito por Beja.
Segundo Luís Pita Ameixa, o momento é “completamente prematuro”, porque “ainda nem sequer decorreu um ano” após a eleição do actual presidente da federação e o próximo ato eleitoral só deverá realizar-se em outubro de 2012.
Por outro lado, “é completamente desajustado avançar” com uma candidatura quando o PS está “também num processo de congresso nacional, do qual vai sair uma comissão para fazer uma revisão dos modos de funcionamento e organização do PS a nível geral, que levará a algumas alterações nos estatutos”.
“É completamente prematuro e desajustado avançar com uma campanha eleitoral interna agora. Isto cria dificuldades ao funcionamento do partido. É muito prejudicial, porque cria divisões, ruído e, em vez de a federação poder passar a sua mensagem em nome geral do PS do Baixo Alentejo, começam a existir várias vozes a pronunciar-se sobre os temas políticos”, alertou.
Confrontado pela Lusa, Pedro do Carmo escusou-se a comentar as críticas de Luís Pita Ameixa, limitando-se a dizer que o seu “princípio” é “servir o PS”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima