Presidente da Câmar de Ferreira do Alentejo critica atrasos do QREN

Presidente da Câmar de Ferreira do Alentejo critica atrasos do QREN

Os atrasos na transferência de fundos comunitários aprovados no âmbito do QREN obrigaram a autarquia de Ferreira do Alentejo a recorrer à banca. Só no último trimestre as contas parecem ter ficado mais desafogadas, mas o presidente da Câmara, Aníbal Reis Costa, não poupa reparos ao modo como o processo evoluiu.
“Fomos forçados a recorrer a um empréstimo de curto-prazo, pelo atraso verificado nas transferências do Quadro de Referência Estratégica Regional (QREN). Realizámos obra que é comparticipada, mas o dinheiro tardou em chegar. Não é aceitável que se tenha chegado ao final de 2010, com metade do prazo do quadro Comunitário decorrido, e apenas cerca de 15% executado”, critica.
Sem se deter, o autarca admite que, “felizmente, nos últimos dois/três meses do ano a situação foi mais expedita”. Isso permitiu à Câmara de Ferreira receber algumas comparticipações e, “naturalmente, satisfazer os seus compromissos de pagamento”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima