Neves-Corvo ganhou 97,5 milhões em 2014

Neves-Corvo ganhou

A Somincor – Sociedade Mineira de Neves-Corvo registou em 2014 ganhos operacionais de quase 97,5 milhões de euros, menos cerca de 17,5 milhões que no ano anterior.
Os números constam do relatório anual da Lundin Mining, empresa sueco-canadiana proprietária das minas situadas no concelho de Castro Verde, a que o “CA” teve acesso.
De acordo com o documento, a Somincor fechou o ano de 2014 com um total de vendas de 332.366.616,193 euros, que se traduziram em ganhos operacionais (total de vendas, menos custos operacionais e despesas gerais e administrativas) de 97.438.318,34 euros.
Recorde-se que em 2013, a empresa mineira registou um volume de vendas a rondar os 374 milhões de euros e cerca de 115 milhões de euros nos ganhos operacionais.
No relatório divulgado aos accionistas, a Lundin Mining explica que estes resultados se devem, entre outras razões, à diminuição da cotação dos metais produzidos (cobre e zinco, sobretudo) nos mercados internacionais e ao aumento dos custos de produção.
Neste último caso, cada libra de minério teve um custo de produção de 1,65 euros, bem mais que os 1,43 euros registados em média um ano antes.
Ainda assim, em 2014 a Somincor conseguiu aumentar a produção de concentrado de zinco em 26% face ao ano anterior (estabelecendo um novo recorde anual), ao passo que a produção de cobre foi de encontro ao previsto, apesar de uma quebra de nove por cento.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima