Municípios alentejanos unidos em defesa do clima e da água

A Rede de Câmaras Municipais do Alentejo “Pelo Clima e a Água”, promovida pela Agência Portuguesa do Ambiente em parceria com a Associação de Defesa do Património de Mértola no âmbito do projeto “Alentejo_Clima em Escassez Hídrica”, já conta com a adesão de 20 munícios do Alentejo.

Alandroal, Alvito, Mértola, Odemira, Serpa, Alcácer do Sal, Arraiolos, Cuba, Monforte, Moura, Portel, Vendas Novas, Almodôvar, Borba, Grândola, Montemor-o-Novo, Mourão, Redondo e Vila Viçosa são as autarquias aderentes ao projeto, a quem se junta a entidade gestora da água do concelho de Beja, a EMAS.

O projeto tem a duração de 24 meses e pretende promover “a partilha de boas práticas e informação sobre ferramentas para mitigar os impactos derivados das alterações climáticas, com ênfase na escassez hídrica”.

Além disso, os municípios que aderirem a este programa “serão convidadas a participar, entre outras atividades, em talks online e atividades de campo para a troca de experiências entre membros, no que diz respeito à gestão dos recursos hídricos a nível municipal/local”.

O projeto “Alentejo Clima em Escassez Hídrica” é cofinanciado pela União Europeia, através do Alentejo 2020, beneficiando de apoio do Fundo Social Europeu.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima