“Maioria expressiva” aprovou novos horários

“Maioria expressiva”

Os novos horários de laboração na mina de Neves-Corvo foram votados favoravelmente por uma “maioria expressiva” dos trabalhadores da Somincor, reconhece Luís Cavaco, do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Mineira (STIM).
Em declarações à Rádio Castrense, o sindicalista diz que a proposta da empresa foi apresentada aos trabalhadores, votada e aprovada, daí a anuência do STIM. “Não tínhamos como não ir a favor da maioria, pois sempre assim foi neste sindicato. A decisão da maioria dos trabalhadores é que conta e assim foi”, vinca.
Já o administrador-delegado da Somincor refere que o acordo de empresa com o STIM foi assinado a 30 de Julho, decorrendo agora o período experimental de seis meses, que permitirá validar – ou não – este novo modelo.
“Durante este período iremos monitorizar aprofundadamente questões como a fadiga laboral, na medida em que estes são turnos mais longos que passaram de 7h30 para 10h42. Este é um risco que nós levamos muito a sério e queremos assegurar que este factor não se irá sobrepor aos efeitos positivos decorrentes do menor número de dias de trabalho e mais dias de descanso”, diz Kenneth Norris.
O gestor canadiano acrescenta que o objectivo da Somincor “é fazer com que este novo sistema de dois turnos funcione melhor do que o sistema anterior”. “Nesse sentido, iremos trabalhar, em conjunto, com o sindicato e com os trabalhadores na melhoria contínua das condições de trabalho e da nossa operação, de uma forma colaborativa e construtiva, que permita assegurar a tão desejada sustentabilidade da empresa em beneficio de todas as partes envolvidas”, garante.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima