FC Castrense: sai Francisco Fernandes, entra Mário Tomé (ACTUALIZADO)

FC Castrense: sai Francisco Fernandes

É oficial: Mário Tomé (ex-Rosairense) é o novo treinador do FC Castrense, sucedendo no cargo a Francisco Fernandes, que deixou a equipa de Castro Verde após a derrota diante do Lusitano VRSA no passado domingo, 30 de Setembro.
“O Castrense fez um investimento considerável para atingir o objectivo de ficar nos primeiros seis na fase regular do campeonato, mas estamos a ficar distantes desse objectivo. Pensámos que a melhor solução era mudar, não por causa do Francisco Fernandes, mas sim para agitar o grupo de trabalho com uma pessoa com novos métodos”, justifica ao “CA” o presidente do FC Castrense, garantindo que Mário Tomé foi a primeira escolha do clube para suceder a Francisco Fernandes.
“No momento actual temos um projecto para o futebol sénior, que é um pouco diferente daquele que estávamos a pensar inicialmente. Houve algumas alterações ao projecto inicial e pensamos que o Mário Tomé é o treinador adequado para este projecto”, vinca Carlos Alberto Pereira <b>[ler entrevista em www.correioalentejo.com]</b>.
Mário José Santos Tomé tem 35 anos e chega a Castro Verde depois de ter iniciado a presente época ao serviço do Rosairense, que o havia contratado após três temporadas de bom nível no comando técnico do Guadiana de Mértola.
“O FC Castrense é, na minha opinião, a instituição de topo a nível desportivo do distrito e o convite era realmente irrecusável”, admite o jovem técnico, sem deixar de “agradecer publicamente ao Rosairense e às suas pessoas” pela forma como o “fizeram sentir” e “por tudo aquilo” que lhe proporcionaram “em termos de crescimento humano e também futebolístico”.
Em Castro Verde Mário Tomé promete “seriedade, humildade, dedicação e, sobretudo, respeito” pelo clube, garantindo que vai tentar dar o seu “cunho pessoal” à equipa, mas sem fazer qualquer revolução no seio de um plantel que considera “excelente”.
“Era pouco inteligente da minha parte não aproveitar aquilo que está feito”, reconhece.
A apresentação de Mário Tomé ao plantel está agendada para esta quarta-feira, 3, ao final da tarde e estreia no banco será domingo, 7, no campo do Moura AC, em partida da quarta jornada da Série F da 3ª divisão nacional.
Contactado pelo “CA”, Francisco Fernandes não quis fazer comentários sobre a saída do FC Castrense, dizendo apenas tratar-se de um capítulo encerrado na sua carreira desportiva.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima