Évora recebe "alunos" da Universidade de Verão do PS

Évora recebe "alunos" da

Com cerca de 120 alunos, a Universidade de Verão do PS arranca esta quarta-feira, 28, em Évora, com as atenções centradas, a um mês das eleições autárquicas, na temática das cidades e do poder local.
A iniciativa marca a rentrée socialista e já em 2012 decorreu em Évora, cidade que volta a ser “palco” para a edição deste ano, a qual decorre até sábado, 31, e será encerrada pelo secretário-geral do partido, António José Seguro.
Com as eleições autárquicas de 29 de Setembro ao “virar da esquina”, explica à agência Lusa o reitor da Universidade de Verão do PS, Álvaro Beleza, “obviamente que o tema” do evento “anda à volta das cidades, das autarquias e das políticas autárquicas”.
Segundo o responsável, quer nas aulas, quer nos almoços e jantares que incluem debates, vão ser discutidos assuntos como as políticas sociais, crescimento e emprego e cooperação e rede.
A colaboração entre municípios portugueses e espanhóis vai merecer especial abordagem, até porque, segundo a organização, vão estar presentes dois “alcaldes” do país vizinho, Abel Caballero (Vigo, na Galiza) e Miguel Ángel Gallardo (Villa Nueva de La Serena, na Estremadura), assim como outros políticos de Espanha.
A reforma do sistema político, em termos europeus, nacionais e locais, o urbanismo, a qualidade de vida e a economia verde ligada às cidades são outras das matérias em “cima da mesa”, ao longo dos quatro dias.
Uma das novidades, realça Álvaro Beleza, é a realização de Cafés Literários, sempre a partir das 22h00, em que podem participar também militantes do PS que não estejam inscritos na universidade – o mesmo acontece com os jantares.
“Temos uma bibliografia recomendada” e, nos cafés literários, vão-se “debater os livros dessa bibliografia, com alguns dos autores” presentes nas sessões, as quais se vão reger por “um ambiente de tertúlia política”.
José Gil, Cícero, Voltaire, Carlos Zorrinho, José Eduardo Franco, Sidónio Pardal e José Poças Esteves, M. Blyth, Sun Tzu, José Mendes e Mário Mesquita são alguns dos autores incluídos na bibliografia.
“Cerca de metade das obras é sobre políticas de cidades”, enquanto as restantes têm a ver com “austeridade, ciência política, filosofia política, urbanismo”, entre outros temas, diz Álvaro Beleza.
Afiançando que a Universidade de Verão é uma aposta ganha do partido, o reitor defende que “a política tem que se fazer com cultura, ideias e convicções”, sendo esta universidade uma oportunidade de enriquecimento para os participantes.
A Universidade de Verão do PS, em que também vai marcar presença uma delegação do MPLA (Angola), é organizada pelo partido e pelo Grupo dos Socialistas e Democratas no Parlamento Europeu, juntando deputados nacionais e europeus, autarcas, jovens e académicos.
Carlos Zorrinho, Edite Estrela, Adelino Maltez, Viriato Soromenho-Marques, Capoulas Santos, Mota Andrade, José Mendes, Luís Paulo Alves, Rui Santos, Nuno Rolo, Vital Moreira, Correia de Campos – o ex -ministro da Saúde também marcará presença na Universidade de Verão do PSD – Sá da Costa, Francisco Assis, Ana Gomes, João Torres, Sidónio Pardal e Maria de Belém, são alguns dos oradores ou moderadores dos debates.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima