Saber Andar à frente do tempo

Sexta-feira, 16 Fevereiro, 2024

Carlos Pinto

JORNALISTA | DIRECTOR DO "CA"

A Fundação Vale da Rosa, fundada em Ferreira do Alentejo [ver página 10], é o novo “sonho” do comendador António Silvestre Ferreira, tendo como ambição atrair trabalhadores qualificados para este concelho do Baixo Alentejo.
Depois de ter criado, há mais de 20 anos, o projeto agrícola da Herdade Vale da Rosa, hoje a maior produtora nacional de uvas de mesa e que também exporta para diversos países da Europa e da Ásia, o empresário, atualmente com 75 anos, avançou com a criação de uma fundação, para “atrair, de forma organizada, trabalhadores qualificados para Ferreira do Alentejo e para aldeias próximas do concelho”.
A meta é contribuir “para o desenvolvimento económico” do território e “ajudar a inverter a persistente quebra da densidade populacional e as carências educacionais e de investigação”, ao mesmo tempo que combate a sazonalidade do trabalho existente na herdade.
António Silvestre Ferreira é um homem singular, de trato fácil e que persiste em correr atrás de novos objetivos. No seu discurso nunca encontrámos réstias de mágoa ou palavras de queixume. Pelo contrário, tem sido sempre um otimista e um defensor acérrimo da sua terra e do Alentejo, região a que sempre vaticinou grande futuro.
Ao longo da sua vida empresarial, o comendador andou sempre “à frente do tempo”, quebrando barreiras e alargando horizontes em mercados altamente competitivos. O segredo do seu sucesso é o trabalho e é de mais homens como António Silvestre Ferreira que precisamos na nossa região.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Em Destaque

Últimas Notícias

Role para cima