Chuva provocou um total de 46 inundações no distrito de Évora

Chuva provocou um total de

A forte chuvada que fustigou esta quarta-feira, 10, à tarde a região do Alentejo provocou 46 inundações no distrito de Évora, em habitações, estabelecimentos comerciais, serviços públicos e vias públicas, disse à Agência Lusa fonte dos bombeiros.
Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora indicou que a maioria das ocorrências foi registada no concelho de Évora, sobretudo na cidade.
Segundo a mesma fonte, o concelho de Redondo foi também um dos mais afectados, tendo ainda sido registadas inundações nos concelhos de Borba, Vila Viçosa, Portel e Montemor-o-Novo.
No Hospital de Espírito Santo de Évora (HESE), segundo fonte do gabinete de comunicação, registaram-se "algumas ocorrências" devido ao temporal, mas "todas as situações foram resolvidas e todos os serviços estão a funcionar".
Contactado pela Lusa, o comandante dos Bombeiros de Évora, Rogério Santos, indicou que elementos da corporação procederam a limpezas na unidade de radioterapia do hospital.
Ainda no Alentejo, os bombeiros foram chamados para três inundações no distrito de Beja, em Vidigueira, Alvito e Beja, e no distrito de Portalegre, em Avis e Portalegre, de acordo com os comandos distritais de operações de socorro.
Segundo os bombeiros, não se registaram casos graves, apesar da chuva intensa.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima