Censos 2021. Só Odemira não perdeu população no distrito de Beja

O concelho de Odemira foi o único em todo o distrito de Beja (e no Alentejo) que aumentou a população residente na última década, segundo os dados preliminares dos Censos 2021, que foram revelados nesta quarta-feira, 28 de julho.

De com os dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), o município de Odemira foi o único dos 14 concelhos do Baixo Alentejo que ganhou população residente, entre 2011 e este ano, com mais 3.457 pessoas, ao passar de 26.066 (2011) para 29.523 (2021), o que corresponde a um aumento de 13,3%.

Já os restantes 13 concelhos do distrito perderam população, com destaque para Barrancos, que passou de 1.834 para 1.435 habitantes entre 2011 e 2021, o que representa um decréscimo de 21,8%.

Segue-se o concelho de Mértola, com uma diminuição de 14,7% na sua população na última década, e depois Vidigueira (-12,7%), (Moura (-12,5%), Serpa (-11,9%), Cuba (-10,3%) e Ourique (-10,2%).

O concelho de Almodôvar registou um decréscimo de 9,9%, Alvito de 9,1% e Ferreira do Alentejo de 7%, enquanto a capital de distrito, Beja, perdeu 6,8% da sua população entre 2011 e 2021.

Já Aljustrel e Castro Verde foram os concelhos que registaram as menores diminuições de população na última década: Aljustrel passou de 9.257 habitantes para 8.870 (-4,1%) e Castro Verde de 7.276 habitantes para 6.878 (-5,5%).

Pode consultar os resultados preliminares dos Censos 2021 na página https://ine.pt/scripts/db_censos_2021.html

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima