Cante alentejano é Património Cultural Imaterial de Castro Verde

O cante alentejano foi classificado como Património Cultural Imaterial de Interesse Municipal de Castro Verde, por forma a “promover a contínua preservação e valorização desta expressão artística identitária”.

Em comunicado enviado ao “CA”, a Câmara de Castro Verde revela que a classificação foi aprovada na segunda-feira, 21, em reunião da Assembleia Municipal.

“Esta decisão demonstra a vontade” do município “em promover a contínua preservação e valorização desta expressão artística identitária e é, em primeiro lugar, o reconhecimento pelo trabalho desenvolvido há décadas pelos grupos corais do concelho”, sublinha a autarquia.

A mesma fonte acrescenta que “esta classificação reflete também uma aposta clara na definição de uma estratégia global de salvaguarda do cante” no concelho de Castro Verde.

Um processo “que está em curso” e “que se expressou na criação recente do Observatório e Centro de Documentação do Cante Alentejano, a funcionar no Centro de Artes e da Viola Campaniça”, observa a Câmara Municipal.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima