Câmara de Mora repõe salários a trabalhadores

Câmara de Mora repõe

A Câmara Municipal de Mora (CDU), no distrito de Évora, vai repôr aos trabalhadores, já a partir deste mês, o valor dos cortes impostos nos salários pelo Governo e que foram declarados inconstitucionais.
Em comunicado enviado à Agência Lusa, a autarquia realça que “acompanha e respeita a decisão do Tribunal Constitucional (TC) relativamente aos cortes impostos nos salários dos trabalhadores da administração local pelo Orçamento do Estado para 2014”.
“Assim, serão repostos esses cortes, nos respectivos vencimentos, a todos os trabalhadores afectados do Município, já no presente mês de Junho”, pode ler-se no documento.
Outras cinco câmaras municipais do Alentejo já anunciaram que vão pagar, também já a partir deste mês, os salários aos funcionários sem os cortes impostos pelo Governo e declarados inconstitucionais.
Além de Mora (CDU), Ferreira do Alentejo (PS), Grândola (CDU), Montemor-o-Novo (CDU), Portalegre (Movimento Independente) e Avis (CDU) são, de momento, os municípios do Alentejo que anunciaram que vão pagar os salários sem os cortes.

Partilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima