Câmara de Mora repõe salários a trabalhadores

Câmara de Mora repõe

A Câmara Municipal de Mora (CDU), no distrito de Évora, vai repôr aos trabalhadores, já a partir deste mês, o valor dos cortes impostos nos salários pelo Governo e que foram declarados inconstitucionais.
Em comunicado enviado à Agência Lusa, a autarquia realça que “acompanha e respeita a decisão do Tribunal Constitucional (TC) relativamente aos cortes impostos nos salários dos trabalhadores da administração local pelo Orçamento do Estado para 2014”.
“Assim, serão repostos esses cortes, nos respectivos vencimentos, a todos os trabalhadores afectados do Município, já no presente mês de Junho”, pode ler-se no documento.
Outras cinco câmaras municipais do Alentejo já anunciaram que vão pagar, também já a partir deste mês, os salários aos funcionários sem os cortes impostos pelo Governo e declarados inconstitucionais.
Além de Mora (CDU), Ferreira do Alentejo (PS), Grândola (CDU), Montemor-o-Novo (CDU), Portalegre (Movimento Independente) e Avis (CDU) são, de momento, os municípios do Alentejo que anunciaram que vão pagar os salários sem os cortes.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Escola Mário Beirão reabre em Beja

A Escola Básica Mário Beirão, em Beja, reabre esta segunda-feira, 27, para os alunos dos ensinos pré-escolar e primeiro ciclo, depois que as inundações provocadas

Role para cima