Beja defende discussão sobre fundos comunitários para a cultura

Beja defende discussão sobre

O executivo da Câmara Municipal de Beja defende uma “urgente discussão” sobre a programação dos fundos do quadro comunitário de apoio 2014-2020 para o sector da cultura.
Fonte municipal vinca ao ser urgente que o país e a região discutam e programem o novo pacote de fundos comunitários, que “tem o maior programa (‘Creative Europe’) de apoio de sempre para os sectores da cultura e da criatividade”.
“O atraso na preparação deste quadro, a praticamente inexistente discussão nacional e regional sobre a temática em questão, assim como a insensibilidade que se verifica na transição do actual quadro comunitário de apoio para o próximo, […] representam uma ausência de visão e vontade em […] assumir estes sectores como estratégicos para o desenvolvimento social e económico do país, catalisador de geração de valor acrescentado”, sublinha a mesma fonte da autarquia bejense.
A Câmara da capital do Baixo Alentejo lamenta igualmente que no âmbito das atribuições dos apoios tripartidos às artes para 2013 as companhias de teatro da região “tenham ficado de fora”, ainda que tenham apresentado “projectos e programas, na maioria dos quais em rede e com a participação dos mais diversos actores da sociedade civil e empresarial”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima