Aljustrel vai plantar 2.300 árvores até 2019

Aljustrel vai plantar

A Câmara de Aljustrel vai plantar mais de 2300 árvores autóctones em espaço urbano no concelho ao longo dos próximos dois anos, no âmbito de uma candidatura apresentada ao projecto “Floresta Comum”.
Segundo fonte da autarquia, a plantação “será concretizada através da comunidade escolar, serviços municipais, empresa mineira Almina, voluntários e serviços externos contratados”, tendo tido início com o projecto “Rota da Floresta”, que se realizou ao longo da passada semana.
“Nestes últimos dias, mais de 300 crianças e alunos do concelho participaram nesta iniciativa, durante a qual plantaram cerca de 600 árvores em vários pontos do concelho”, acrescenta a mesma fonte, adiantando que as restantes árvores, “nomeadamente alfarrobeiras, freixos, pinheiros, carvalho português, e muito outras mais, serão plantadas em todo o concelho, nos próximos dois anos, segundo um plano bem definido”.
O projecto “Floresta Comum” é promovido pelo Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), Quercus, Associação Nacional de Municípios Portugueses e Universidade de Trás-os-Montes e Alto-Douro e tem como objectivo “envolver a comunidade e potenciar a criação de estruturas de redes locais, bem como a criação de uma floresta com altos índices de biodiversidade e de produção de serviços ecológicos, a fim de recuperar a floresta autóctone portuguesa”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima