Três militares da GNR de Milfontes com processos disciplinares

Três militares da GNR de Milfontes com processos disciplinares

A GNR instaurou um processo disciplinar interno contra três militares do posto de Vila Nova de Milfontes por alegadas infrações disciplinares que não são crime, disse à Agência Lusa fonte da Guarda.
O processo destina-se a “averiguar possíveis infracções disciplinares supostamente cometidas” pelo comandante, um guarda e uma cabo do posto da GNR de Vila Nova de Milfontes, explicou o oficial de relações públicas do Comando Territorial de Beja da GNR, o tenente-coronel José Candeias.
Trata-se de “possíveis infracções disciplinares que não são crime, porque se fossem crime já estavam em tribunal”, frisou o oficial.
Os três militares, “como medida cautelar e nos termos do regulamento de disciplina militar”, já foram transferidos para outros postos do Comando Territorial de Beja da GNR, disse o tenente-coronel, escusando-se a precisar quais.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima