Tribunal de Beja absolve ex-comandante da Brigada de Trânsito de Beja

Tribunal de Beja absolve ex-comandante da Brigada de Trânsito de Beja

O Tribunal Judicial de Beja absolveu esta quinta-feira, 17, o antigo comandante da Brigada de Trânsito (BT) da GNR de Beja, o tenente-coronel na reserva João Bruno, que era acusado de um crime de denegação de justiça e prevaricação por ter anulado uma multa.
Na leitura do acórdão, o juiz considerou que o militar tomou uma decisão ilegal por exorbitância de competências, não tendo, contudo, ficado provada qualquer intenção deste em agir contra o direito.
O caso remonta a Junho de 2004, quando o tenente-coronel João Bruno, à época responsável pelo destacamento da BT em Beja, anulou devido a um erro técnico o auto com uma coima de 300 euros passado pelo sargento Fernando Reis a um condutor de um pesado com grua, da empresa FVMC, de Moura, que instalava na altura postes de electricidade junto à EN 258, entre Vidigueira e Moura.
Após a leitura do acórdão, a procuradora do Ministério Público não revelou se vai apresentar recurso.
Já o advogado de defesa, Rui Bandeira, disse à saída da sala de audiências que com a absolvição “se fez justiça”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima