Três pessoas acusadas de rapto e agressões em Aljustrel

Aljustrel - vista

Três arguidos foram acusados pelo Ministério Público (MP) de rapto, agressões e ameaças a uma pessoa residente no concelho de Aljustrel, de quem suspeitavam que tinha escondido droga.

Segundo adianta a Agência Lusa, que cita comunicado publicado na página de Internet da Procuradoria da Comarca de Beja, o caso teve início na noite de 5 de fevereiro de 2022 e prolongou-se pela madrugada seguinte.

“Os arguidos e um quarto indivíduo, cuja identidade não foi ainda possível apurar, dirigiram-se a casa da vítima, situada no concelho de Aljustrel, no intuito de recuperar produto estupefaciente que teria desaparecido”, adianta o MP.

Segundo o despacho de acusação, dois dos alegados agressores, ainda que a vítima tenha afirmado que não sabia da droga, “agrediram-no na cabeça com a coronha de pistolas de que vinham munidos”.

“De seguida, forçaram a vítima a entrar num carro conduzido pelo terceiro arguido e acabaram por levá-la para um apartamento na zona de Setúbal”, acrescenta, referindo que “o ofendido foi agredido e sofreu ameaças que chegaram a ser de morte durante a viagem e no interior do apartamento”.

De acordo com o MP, os três arguidos estão acusados da prática dos crimes de rapto e coação agravados.

Opinião

Carlos Pinto

21 de Junho, 2024

O Segredo de justiça existe?

Vitor Encarnação

21 de Junho, 2024

Solidão

Carlos Pinto

7 de Junho, 2024

O problema da imigração

Napoleão Mira

7 de Junho, 2024

Mestre Vargas, Um Barbeiro Invulgar

Carlos Pinto

24 de Maio, 2024

Tensão extrema!

Vitor Encarnação

24 de Maio, 2024

Sábado à noite

Anterior
Seguinte

EM DESTAQUE

ULTIMA HORA

Role para cima