“Terras Sem Sombra” chega à vila de Odemira

“Terras Sem Sombra”

O festival de música sacra “Terras Sem Sombra” chega este fim-de-semana, 7 e 8, ao concelho de Odemira, numa “viagem” que será feita ao ritmo de sonoridades brasileiras.
A iniciativa promovida pelo Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja conta com o apoio da Câmara Municipal e inclui um concerto na noite de sábado e um passeio na manhã de domingo.
O concerto está agendado para as 21h30 na Igreja de São Salvador e será protagonizado pelos brasileiros do quarteto Quaternaglia, que apresentarão o espectáculo “Anjos ou Demónios? Novas Tendências da Música Brasileira”.
Com direcção musical de Sidney Molina, o concerto inclui a interpretação de peças de compositores brasileiros dos séculos XX e XXI, entre os quais Heitor Villa-Lobos.
Para a manhã de domingo, 8, a partir das 10h00, os músicos e todos os interessados são convidados a fazer um passeio pedestre pelo Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina.
O percurso com cerca de cinco quilómetros vai partir do Portinho do Canal, em Vila Nova de Milfontes e será guiado por investigadores da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, que ao longo do passeio focarão as principais cambiantes de habitat que caracterizam o parque natural: arribas, dunas, charnecas litorais e charcos temporários.
A 12ª edição do Festival de Música Sacra do Baixo Alentejo “Terras Sem Sombra” tem este ano o tema “Torna-Viagem: o Brasil, a Africa e a Europa (da Idade Média ao século XX)” e decorre até ao mês de Junho.
Depois de Odemira, a iniciativa vai ainda passar por Serpa (21 de Maio), Castro Verde (4 de Junho) e Beja (18 de Junho).

Partilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Beja celebra feriado municipal

A Câmara de Beja promove nesta quinta-feira “de Ascensão”, 26 de maio, uma série de atividades no Parque da Cidade e uma cerimónia no Teatro

Role para cima