Quartel dos Bombeiros de Aljustrel “invadido” por grupo de pessoas

O quartel dos Bombeiros Voluntários de Aljustrel foi “invadido” por um grupo de pessoas na madrugada de sexta-feira para sábado, 28 para 29 de maio, revela a direção e o comando da corporação em comunicado publicado na sua página oficial no Facebook.

De acordo com o comunicado, o “quartel foi alvo de uma invasão por parte de um grupo de pessoas através do arrombamento do portão de acesso ao parque de veículos”, tendo os operacionais assistido no local um homem “com uma intoxicação alcoólica”, que foi depois “transportado à unidade de saúde”.

Segundo os Bombeiros de Aljustrel, “apesar do sentimento de medo e insegurança” os operacionais “não deixaram de fazer o seu trabalho”, mas esta situação, que tem “vindo a piorar substancialmente”, está a desenvolver nos operacionais “um sentimento de insegurança, muitos deles em regime voluntário, que ponderam em não continuar a desempenhar as funções”.

Os Bombeiros de Aljustrel acrescentam que ao longo dos seus 62 anos de existência “nunca em momento algum deixou de prestar auxílio a quem o solicita, independentemente da sua raça, religião ou etnia”.

“Mas não podemos permitir que o trabalho de homens e mulheres que diariamente servem os outros muitas vezes sem nada em troca seja desrespeitado”, acrescenta a corporação.

Nesse sentido, os Bombeiros de Aljustrel vão apresentar queixa nas autoridades competentes “e apurar todas as responsabilidades”, de forma “a salvaguardar a segurança” dos seus operacionais e “garantir o normal serviço à comunidade”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima