PS do Baixo Alentejo exige ampliação do Hospital de Beja

A Federação do Baixo Alentejo (FBA) do PS espera que o atual Governo “seja célere” em encontrar os mecanismos de financiamento necessários para a concretização das obras de ampliação do Hospital de Beja.

A posição dos socialistas surge depois do presidente da FBA, Nelson Brito, ter reunido, no final da passada semana, com o conselho de administração da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA).

Em comunicado enviado ao “CA”, o PS refere que o projeto de requalificação do Hospital José Joaquim Fernandes, em Beja, “deverá estar concluído no final do mês de junho”, tal como tinha sido “assumido” pelos candidatos socialistas a deputados na campanha eleitoral de março.

“Encomendado pelo anterior Governo do PS, o projeto de requalificação do Hospital de Beja permitirá abrir novas especialidades médicas e aumentar em mais de meia centena o número de camas destinadas ao internamento de doentes”, nota a FBA, esperando que “o Governo da AD seja célere em encontrar os mecanismos de financiamento necessários ao início das obras, dando seguimento a um processo que os socialistas estavam a preparar para garantir a sua execução”.

O PS acrescenta que, de acordo com a informação prestada pela administração da ULSBA a Nelson Brito, “deverão ter início, até final do ano, as obras de construção do novo bloco de partos”.

Encomendado pelo anterior Governo do PS, o projeto de requalificação do Hospital de Beja permitirá abrir novas especialidades médicas e aumentar em mais de meia centena o número de camas destinadas ao internamento de doentes”, diz a Federação do PS

Trata-se de uma infraestrutura “que oferecerá excelentes condições às parturientes e aos profissionais e, em simultâneo, estará disponível para aumentar o número de atos cirúrgicos realizados no Hospital de Beja”, revela o comunicado.

Os socialistas frisam que a sua obra “está assim a dar os frutos anunciados há cerca de um ano” e que foram evidenciados “durante a campanha eleitoral de 2024, como compromisso prioritário com os baixo-alentejanos”.

No comunicado, o PS enaltece ainda o trabalho de cooperação da ULSBA com os municípios, que permitiu avançar para a requalificação dos centros de Saúde de Castro Verde, Moura e Ourique e   das extensões de Saúde da Semblana (Almodôvar), Rosário (Almodôvar), São Barnabé (Almodôvar), Casével (Castro Verde) e Aldeia Nova de São Bento (Serpa). 

“O mesmo trabalho de cooperação permitirá inaugurar brevemente o Centro de Saúde de Vidigueira e a extensão de Saúde de Rio de Moinhos”, reforça o PS.

Os socialistas destacam ainda “a grande afluência ao serviço de ressonância magnética colocado à disposição dos utentes no mês de março”, sublinhando igualmente “como muito positivo o trabalho que está a ser feito pela nova equipa de médicos especialistas em Otorrinolaringologia, especialidade médica aberta recentemente no Hospital de Beja”.

“No total, são mais de 20 milhões de euros de investimento que o Governo do PS deixou preparado e em execução, o maior de sempre na nossa região”, conclui a FBA do PS.

Partilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima