Praia da Zambujeira do Mar perde bandeira azul "temporariamente"

Praia da Zambujeira do Mar perde bandeira azul "temporariamente"

A Bandeira Azul foi temporariamente arriada na zona balnear da Zambujeira do Mar devido à diminuição da qualidade da água da ribeira que atravessa a praia, mas a qualidade da água do mar “não foi afectada”.
“A qualidade da água balnear não foi ainda afectada”, disse à Agência Lusa Catarina Gonçalves, coordenadora nacional do Programa Bandeira Azul, atribuindo a retirada temporária da distinção àquela praia por causa da falta de qualidade da água da ribeira que aí desagua no mar.
No mais recente boletim de acompanhamento e vigilância do Programa Bandeira Azul 2011, respeitante à semana de 28 de Julho a 04 de Agosto, a Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE) dá conta da decisão de arriar o galardão na Zambujeira do Mar.
Segundo Catarina Gonçalves, a Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) está dimensionada “para o número de habitantes e de outras pessoas que frequentam a zona durante o ano”, mas “funciona mal” neste período do Verão, quando a Zambujeira do Mar é procurada por milhares de turistas.
“Quando se dá este aumento do número de pessoas, o funcionamento da ETAR não está de acordo com a quantidade de resíduos a tratar e a ribeira acaba por receber águas sujas não tratadas, que degradam a sua qualidade”, referiu.
A somar a isto, acrescentou, existem também casas que têm “ligações clandestinas de esgotos à ribeira”, o que é “altamente perigoso do ponto de vista da saúde pública”.
A situação tem sido monitorizada pelas autoridades competentes, afirmou Catarina Gonçalves, realçando que a decisão de arriar a Bandeira Azul foi tomada depois de “análises diárias, ao longo de duas semanas, a amostras de água da ribeira e da água balnear”.
A mesma responsável revelou que, agora, continuam a ser feitas análises diárias a amostras de água da Zambujeira do Mar, garantindo que, mal os resultados “sejam negativos”, a Bandeira Azul poderá voltar a ser hasteada.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

ULSBA participa em projecto europeu

A Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) candidatou-se ao projecto europeu de facturação electrónica “European Hospitals adopting the e-invoicing Directive”, aprovado pela INEA

CIMBAL apresenta propostas para o PRR

A Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (CIMBAL) submeteu vários contributos ao Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), no âmbito da consulta pública promovida ao documento.

Role para cima