Pita Ameixa acusa Governo de ignorar situação de emigrantes

Pita Ameixa acusa Governo

O deputado do PS eleito por Beja considera “inadmissível” que o Ministério da Agricultura “ignore” a “situação deplorável” de alguns imigrantes que trabalham no sector.
Em comunicado, Luís Pita Ameixa reconhece o “acentuado progresso” que tem ocorrido na agricultura no Baixo Alentejo, mas critica “algumas situações” relacionadas com as condições de trabalho.
“Em algumas situações, contingentes de imigrantes que chegam ao Baixo Alentejo, para trabalhos sazonais na agricultura, não têm tido as condições de trabalho e de instalação condignas que são exigíveis numa sociedade civilizada e humanista”, lê-se no documento.
Para o deputado “não basta” existirem inspecções e processos policiais, defendendo que Portugal “tem de ter uma estratégia de acolhimento pautada por padrões exigentes e humanistas”.
Luís Pita Ameixa recorda que em Maio de 2013 já tinha questionado o Governo sobre esta matéria, tendo voltado em Novembro do mesmo ano a interrogar o Ministério da Agricultura sobre a situação dos imigrantes.
De acordo com o deputado, o Ministério liderado por Assunção Cristas deu agora como resposta que “a matéria em apreço não se encontra nas atribuições do Ministério da Agricultura e Mar”.
Para o deputado, a “gravidade” desta suposta resposta traduz a “insensibilidade” da ministra da Agricultura para a condição dos imigrantes trabalhadores agrícolas e que se trata de uma demonstração de que o Governo “não se importa e não tem qualquer estratégia ou preparação” para lidar com este tipo de situações.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima